22/05/2019 16:44:00

Prefeitura realiza quase 2 mil castrações em seis meses

De novembro de 2018 a abril de 2019 as clínicas veterinárias e o Castramóvel realizaram os atendimentos

No final do ano passado a Prefeitura Municipal de Ponta Grossa lançou o projeto Vet-Amigo, que consiste em uma parceria com clínicas veterinárias, para castrar cães e gatos. Em seis meses, através das atividades com as clínicas e os serviços realizados pelos profissionais atuantes no Castramóvel, já foram castrados 1982 animais. A ação é uma das responsabilidades firmadas pelo atual governo.

“A grande importância dessa parceria é a questão de mordedura e diminuição de animais soltos nas ruas. As Ongs fazem a triagem de todos e enviam para as clínicas. Com a criação desse projeto foi possível fazer mais castrações”, destaca o coordenador da Zoonoses e médico veterinário, Leandro Inglês.

A Fundação Municipal de Saúde (FMS), através do departamento de Zoonoses, tem registros que mostram cerca de 1800 castrações de 2007 a 2012. Já de 2013 até outubro de 2018 foram castrados quase 13,5 mil animais, e até outubro de 2019, mais 3570 animais estarão esterilizados. “Cuidamos da saúde animal, investimos em estruturas e equipamentos para que a cada ano consigamos melhorar ainda mais as condições dos animais abandonados”, destaca o presidente da FMS, Angela Pompeu.

As castrações são disponibilizadas aos animais que possuem tutores beneficiados com algum auxílio do Governo, sendo cadastradas em programas assistenciais. Aos que tiverem interesse, devem entrar em contato com umas das ONGs: Fauna, Canil Lar, APA, Volgan ou SOS Bichos, elas realizarão o encaminhamento correto. “Todos os animais castrados pelas clínicas recebem microchips distribuídos pela Prefeitura Municipal, para que haja um acompanhamento e um controle dos animais que recebem o atendimento”, comenta Leandro.

 

Outros serviços relacionados a Saúde Animal

A Prefeitura também conta com as castrações através do projeto Castramóvel, que atende aos animais das famílias de baixa renda. Além disso, a população tem o serviço do Centro de Referência de Animais em Risco (CRAR), onde os profissionais técnicos resgatam animais que passaram por maus-tratos ou geram algum tipo de transtorno para a sociedade. O CRAR é um ambiente transitório, onde os animais passam por tratamento, recebem vermífugos, são microchipados e ficam disponíveis para adoção.

A Guarda Municipal também tem um papel importante dentro dos cuidados com os animais, são eles que recebem as denúncias através do 153 e realizam os encaminhamentos necessários.

Fonte: https://d.arede.info/ponta-grossa/260587/prefeitura-realiza-quase-2-mil-castracoes-em-seis-meses