14/06/2019 10:04:00

5 coisas que todo dono de cachorro deve saber

5 coisas que todo dono de cachorro deve saber

POR LUIZA CERVENKA DE ASSIS

 

Que o cachorro é o melhor amigo do ser humano todo mundo sabe, não é mesmo? Porém, muitas curiosidades sobre os cães ficam apenas na imaginação das pessoas como, por exemplo, por que os cachorros levantam a pata para fazer xixi? Será que você compreende tudo o que seu cachorro quer lhe dizer?

1. O mágico olfato dos cães

Você sabia que os cachorros percebem os cheiros 1 milhão de vezes melhor do que os seres humanos? “Esse olfato é tão poderoso que o seu pet pode captar odores que você nem de longe poderia imaginar (e sentir). Os cães são capazes de sentir o cheiro de um inseto que está a longas distâncias ou até uma gota de sangue em um grande compartimento com água”, conta Dra. Luana Sartori. Não é a toa que alguns animais são utilizados na busca por desaparecidos em uma tragédia natural, por exemplo.

Se você observar filhotes caninos recém-nascidos, vai perceber que mesmo sem abrir os olhos eles encontram a mãe e as mamas para se alimentar. Isso acontece porque o olfato é o primeiro sentido desenvolvido nos cachorros. “Há uma história bem conhecida que conta a peripécia de Fern – um cão nascido na Irlanda do Norte -, que foi capaz de encontrar uma lata de carne escondida nas profundidades do Lago Castlewellan”, revela a veterinária. Mas não é só isso, ele farejou o alimento cerca de dez minutos depois que o barco submergiu a lata. O lago possui 1,5 quilômetro de comprimento e 800 metros de largura.

Os cães de focinho longo como o Pastor Alemão têm 220 milhões de receptores olfativos. Nós possuímos cerca de 5 milhões. “É muita diferença, não é mesmo? Além disso, eles são capazes de separar as funções das narinas e trabalhar as duas ao mesmo tempo”, explica Dra Luana. Ou seja, enquanto um lado do nariz identifica o cheiro, o outro se esforça para saber de onde ele veio. É através desse olfato apurado que os cães se comunicam. Por isso, que eles buscam rabos alheios para cheirar.

 

2. Por que os cachorros fazem xixi em pé?

A maioria dos machos tem esse tipo de comportamento, muito embora algumas fêmeas também. Muitos tutores imaginam que isso faz parte do processo que envolve a urina do cão. Porém, fazer xixi em pé está ligado à necessidade de marcar território – o que ocorre, em média, a partir dos seis meses.

Segundo a veterinário, cachorros machos preferem as superfícies verticais e se esforçam para alcançar o ponto mais alto. É possível observar também que esses animais urinam menos, mas mais vezes durante o passeio, para marcar um maior número de locais. A urina de um animal contém muitos feromônios, que passam diversas informações e atraem outros animais. Esse sistema faz parte da natureza e da comunicação do pet. Por isso, no passeio,  deixe-o fazer todo xixi que quiser, sem acelerar. 

Para ter um passeio mais tranquilo, sem que o peludo puxe a coleira, é necessário começar um treino dentro de casa.

 3. Os cães também suam, sabia?

“Antes de mais nada é preciso entender qual é a temperatura corporal ideal para o cão: entre os 38 °C e os 39 °C. Bem diferente da nossa. O suor é essencial para os animais, pois ajuda a eliminar o calor do corpo”, explica dra Luana.

Como os cachorros fazem isso? Devido a quantidade de pelo, os cães não suam muito através da pele. Segundo a veterinária, a principal forma para fazer com que o calor evapore é pelos coxins, aquelas almofadinhas das patas. A língua também é um órgão que pode ajudar a eliminar água e refrescar o organismo do animal.

O suor em excesso pode ser um dos motivos do cachorro lamber as patas. Mas também pode ser estresse.

4. Cães velhos aprendem truques novos?

Um dos motivos de haver mais cães adultos nos abrigos e ONGs é o medo de cães velhos não aprenderem coisas novas. Desde um xixi no lugar certo, até um comando de adestramento. Esse mito ainda persiste na mente de muitas pessoas, infelizmente.

Assim como nós, qualquer cão, em todas as idades, pode aprender coisas novas. Basta ter paciência e persistência. O aprendizado talvez não seja tão rápido quanto seria com um filhote de seis meses, por exemplo. Mas, mais que um desafio para o cão, é uma forma de estreitar laços entre peludos e humanos.

5. Cachorros adoram beijar seus donos

Sabe aquela lambida no rosto que o seu cachorrinho adora dar? É o famoso beijo de cachorro. Normalmente um cão tem o costume de lamber a boca de outro animal, como sinal de afeição. É o mesmo carinho que a fêmea dispensa aos seus filhotes, lambendo-os para limpá-los e acarinhá-los. Já o filhote, lambe a boca da sua mãe para descobrir o que ela comeu e tentar pegar um restinho da alimentação que ficou no pelo.

No caso dos cães com o ser humano, também pode ser sinal de afeto, mas um ótima forma de descobrir o que comemos.

Será que você entende tudo o que seu cachorro quer lhe dizer? Ao prestar atenção em cada detalhe no comportamento do animal, podemos minimizar problemas comportamentais e até descobrir problemas clínicos logo no início.

 

Fonte: https://emais.estadao.com.br/blogs/comportamento-animal/5-coisas-que-todos-dono-de-cachorro-deve-saber/