05/10/2018 11:19:39

NIVIA RAUBER

 
Está adoção não acontece via APAMS, mas acredito que merece ser contada e compartilhada, pois foi quando me despertou o amor pelos animais, mais precisamente por cachorros. Certo dia, lá na sede da fazenda situado no meio do mato aparece uma cachorra toda assustada, muito magra, quando tentei me aproximar e chamar a mesma fugiu correndo desesperada. Dias após a mesma apareceu novamente, chamei-a e ela veio, consegui alimenta-la, mas estava com muito medo, em seguida seguiu novamente em direção mato a dentro. Com o passar dos dias adotamos e passamos a cuida-la, alimentá-la com muito carinho, chamando ela pelo nome de Menina. Ficou muito doente, levamos no veterinário, cuidamos e medicamos conforme prescrito pela veterinária. E assim ela ficou com nós. Após 2 anos aproximadamente a mesma teve 5 filhotes, destes apenas ficamos com uma a Pandora e os outros filhotes todos foram adotadas por pessoas especiais que amam e cuidam deste seres indefesos. Estamos com a Menina (mãe) e a Pandora (filha) até hoje, e cuidamos e damos muito carinho as duas, pois as mesmas retribui também com muito carinho. O amor delas é o mais sincero que existe, é só chegar em casa que a alegria delas é completa e contagiante. Você pode ter passado o dia mais difícil é estressante, mas elas estão lá contentes com o rabinho abanando.😍🐶