26/10/2018 07:01:29

Marcelina Oliveira

 
O meu nome é Lili, em 2010, eu estava abandonada na rua e por muita sorte, fui parar bem em frente à agência de viagens de minha mãe. Ela estava ao telefone e me viu pelo vidro. Ela veio correndo para fora, se abaixou, me chamou, me colocou no carro dela e me levou para a casa, aliás, que hoje é nossa casa. Eu estava muito magra, suja, faminta, com carrapato, calda quebrada e hemorragia no olho esquerdo. Minha mãe me levou para o veterinário e fui muito bem cuidada a partir daquele momento. Ainda tenho traumas da rua e sou muito nervosa. Mas quando olho nos olhos de minha mãe , e ela me abraça e me beija, eu fico tranquila e passo a acreditar mais na humanidade. Minha vida mudou e hoje sou feliz e plena com minhas outras 3 irmãs. Desejo ardentemente, que bons humanos , cruzem os caminhos de todos os animaizinhos de rua , todos os dias, para que mais histórias lindas como a minha , possam acontecer no mundo inteiro, amém.