16/10/2018 22:44:37

Marcos soares

 
Nossa história foi em setembro de 2014, quando um cão entrou em nossa casa e ali permaneceu por alguns dias, depois disso fugiu. Sentimos falta, foi então que conhecemos a Apams e fomos até a sede para conhecer. Por lá tínhamos muitas opções de filhotes a cães mais velhos. Meu marido Marcos olhou um cachorro grande, meio desengonçado, de costas para nós e disse: aquele. Seu nome era Zeus, um labrador chocolate cheio de amor para dar. No dia marcado para a entrega do grandão, aquele cão que havia fugido, voltou. Para quem não tem nenhum, agora eram 2 e um filhote humano na barriga. Zeus e o bifinho ficaram muito amigos, Zeus pelo tamanho parecia bravo, mas sempre queria colo dos seus amos, adorava um carinho. Foi muito Amado por nós!! Protegeu nosso filho desde o nascimento, tomava banho de sol junto com o bebê. Por ser um cão idoso, sempre teve suas limitações, mas nunca deixou de dizer o quanto grato pela adoção, ele dizia de um modo especial, subindo no colo do Marcos como se fosse um cão pequeno. Em julho de 2015, fomos viajar e Zeus não aceitou nossa saída, acabou ficando doente e depressivo (acreditamos pela sensação de abandono - ele ficou na casa dos meus sogros). Em nosso retorno teve uma significativa melhora. Mas em agosto como um anjo canino e com sentimento de missão amor cumprida Zeus partiu. Sabemos o quanto o amamos e até hoje sentimos muita falta do nosso grandão. Ele não se despediu de modo triste, teve um pico de melhora, saímos para passear e na volta ocorreu o óbito. Ele partiu na certeza de se sentir Amado. Somos gratos a Apams por proporcionar este aprendizado a nossa família. No registro Marcos e Zeus no.dia em que fotografamos com os cachorros a chegada de nosso filho Caetano. Em nossa casa temos o bifinho que não fugiu mais e ele nos escolheu como família e uma gata kitty que também nos escolheu como família. A adoção de animais faz parte de nossa familia e ensinamentos para a vida. Aprendemos a amar estes seres que vem nos ensinar o que é gratidão. Eles nos agradecem todos os dias pela acolhida. Essa é nossa história . Grande abraço Marcos, Roberta e Caetano. Bifinho, Kitty e Zeus (in memória)