14/10/2018 19:13:58

Kelly caroline

 
Em 2012 compramos uma pitbull filhote porque não conhecíamos a APAMS, porém 2 meses depois ficamos sabemos desse projeto tão maravilhoso então fomos até lá para pegar um outro filhotinho e encontramos o Boby, fraco é muito debilitado ele era o último da ninhada, ele era do meu cunhado que morava conosco, contudo depois de poucos dias descobrimos que ele estava com parvovirose e a Keci (pitbull) ao mesmo tempo com dermatite, ao realizar todo o tratamento devidamente adequado comentamos com a veterinária deles que meu cunhado iria se mudar e levaria ele embora, porém como eles se enchergavam como irmãos e dormiam literalmente abraçadinhos todos os dias a Dra. Bruna não aconselhou a separação pois correria o risco da imunidade cair e novamente os dois ficarem doente devido à saudade que a gente sabe que eles também têm, com isso pedi a “guarda” dele para o meu cunhado para meu esposo e eu cuidar e ser nosso filhos. Alteramos o nome dele para Boby Marley e dois anos depois resgatamos da rua um cachorrinho que era a cara dele e damos o nome de Zig Marley porque parecia filho. Hoje faz pouco mais de seis anos de pura alegria, festa e amor, um não vive sem o outro e nós não vivemos sem eles, em nossa casa já passaram muitas histórias com animais resgatados outros como lar temporário da APAMS, ah sem falar nas duas gatas que temos aqui e se dão super bem com os cachorros. Sempre que posso vou até a APAMS para ajudar nos banhos, o difícil é chegar aí é não querer ter mais filhos de quatro patas.